AHIMOC pede desocupação das salas do Porto

Noticia Atualizada em 08/11/2017
AHIMOC pede desocupação das salas do Porto
Foto: Fernando Cardoso

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) através da Administração das Hidrovias da Amazônia ocidental (AHIMOC) notificou todas as pessoas e órgãos que ocupam as salas do prédio do Porto de Parintins para que desocupe-as imediatamente.

 

Uma das notificações foi encaminhada ao Juizado da Infância e Juventude para que faça imediatamente a desocupação da sala onde funciona o Comissariado de Menores.

 

No documento, o coordenador-geral da AHIMOC, Luciano Moreira de Sousa Filho, expõe que lamenta a situação, mas o órgão não pode autorizar a ocupação da sala antes da celebração da cessão de forma não onerosa, podendo o local ser ocupado novamente após a celebração da referida cessão.

 

Questionado sobre o assunto, o novo diretor do Porto, Ronaldo Medeiros, informou que a solicitação de desocupação partiu da AHIMOC como forma de promover uma nova licitação para a utilização das salas do prédio do logradouro público.

 

Ronaldo explicou ainda que atualmente ninguém está pagando nenhuma taxa de uso, inclusive, a licitação anterior encerrou no ano passado, então a AHIMOC precisa fazer uma nova licitação para o uso das salas ou “de forma onerosa ou não onerosa”.

 

A AHIMOC também averiguou que os valores das contas de energia aumentaram e, em período de crise é preciso economizar.

 

As notificações expedidas pela AHIMOC no final de outubro para a desocupação das salas ainda não foram atendidas por nenhum usuário.

 

Sobre o assunto ninguém ainda quis se manifestar publicamente aguardando uma nova determinação da administração de hidrovias da Amazônia Ocidental.

 

Fernando Cardoso | Repórter Parintins