Repiquete anuncia início da enchente na região

Noticia Atualizada em 11/10/2017
Repiquete anuncia início da enchente na região
Foto: Fernando Cardoso

A vazante pode estar chegando ao fim na região pelo acontecimento do processo conhecido como repiquete. De acordo com ribeirinhos houve uma parada na subida do nível do Rio Amazonas há pelo menos quatro dias.

 

A vendedora de camarão Arlete Ribeiro, moradora do Catispera, informou que o nível do rio estagnou e confirmou que já houve o primeiro processo de repiquete.

 

O agricultor João Francisco da comunidade São José da Ilha das Onças, região da Costa do Amazonas, também confirma que a água parou de subir, mas como se trata do repiquete pode voltar a vazar ou iniciar o processo da enchente.

 

O marítimo Nildo Tavares também assegura que o rio parou de subir a cerca de uma semana. Segundo ele, todos os dias faz a medição da subida ou descida do nível do rio no local aonde atraca o seu barco “Nildo Filho”.

 

O coordenador da Defesa Civil do Estado em Parintins, Tenente Wilson Silva, explicou que desde o dia 29 de setembro não foi possível fazer a aferição do nível do rio em razão da régua fluvial instalada no píer da Cidade Garantido está atolada sem condições de medir a cota real do nível do Rio Amazonas.

 

Na manhã desta terça-feira (10), a reportagem esteve no píer da Cidade Garantido e pôde verificar que a régua foi removida do local.     

 

O processo de subida e descida do nível dos rios da região deixa os ribeirinhos confusos pelo fato de não saberem precisar se podem antecipar a plantação de culturas de longo ciclo.

 

Fernando Cardoso | Repórter Parintins